• Comissão Nacional das Olimpíadas de Física


  •   
  • FileName: olimpiadas_folheto_07.pdf
    • Abstract: Comissão Nacional das Olimpíadas de FísicaDepartamento de FísicaUniversidade de Coimbra3004-516 CoimbraFax: 239829158Email: olimpiadas@teor.fis.uc.ptURL: http://olimpiadas.fis.uc.pt/CALENDÁRIO 2008

Download the ebook

Comissão Nacional das Olimpíadas de Física
Departamento de Física
Universidade de Coimbra
3004-516 Coimbra
Fax: 239829158
Email: olimpiadas@teor.fis.uc.pt
URL: http://olimpiadas.fis.uc.pt/
CALENDÁRIO 2008
Inscrições até: 31 de Janeiro de 2008 Sociedade Portuguesa de Física
Av. da República, 37 – 4º
Fase Regional: 10 de Maio de 2008 1050-187 Lisboa
Lisboa, Coimbra, Porto
Tel. 217993665
Fase Nacional*: 6 e 7 de Junho de 2008
Lisboa Email: [email protected]
*Esta fase nacional das Olimpíadas apura para:
Olimpíadas Internacionais 2009: Julho de 2009, México
Olimpíadas Ibero-americanas 2009: Setembro de 2009, Chile
Apuramento para provas Internacionais
PROVAS
Maio de 2008, Coimbra
Olimpíadas Internacionais 2008 Regional: 10 de Maio de 2008
20-29 de Julho de 2008, Hanói, Vietname Lisboa, Coimbra, Porto
Olimpíadas Ibero-americanas 2008
21-28 de Setembro de 2008, Morelia, México Nacional: 6 e 7 de Junho de 2008
Lisboa
Comissão Nacional das Olimpíadas
Inscrições: até 31 de Janeiro de 2008
Carlos Herdeiro, Porto
Lucília Brito, Coimbra
José Paulo Santos, Lisboa União Europeia Governo da Repúb-
Fundos Estruturais lica Portuguesa
Carla Baptista, Lisboa
Vítor Teodoro, Lisboa
Fernando Nogueira, Coimbra
António Onofre, Coimbra
Rui Vilão, Coimbra
Imagens: nano-estruturas de silício fotografadas com um microscópio
Carlos Portela, Figueira da Foz de varrimento electrónico por Ghim Wei Ho e Mark Welland.
REGULAMENTO
A Sociedade Portuguesa de Física organiza
anualmente as Olimpíadas Nacionais de Física e
promove a participação de uma equipa portu-
guesa na International Physics Olympiad (IPhO)
e na Olimpíada Ibero-americana de Física
(OIbF). As Olimpíadas de Física têm por objec-
tivo incentivar e desenvolver o gosto pela Física
nos alunos dos Ensinos Básico e Secundário,
considerando a sua importância na educação
básica dos jovens e o seu crescente impacte em
todos os ramos da Ciência e Tecnologia.
Olimpíadas Nacionais de Física colaboração com a Comissão Nacional das Olimpíadas (ver regionais e na etapa nacional serão atribuídos os seguintes
• Participação nas provas Anexo I), participam nove equipas do escalão A (três por prémios.
Delegação) e os trinta alunos do escalão B (dez por cada A) ESCALÃO A: Medalha de ouro, aos alunos da equipa clas-
Podem participar nas Olimpíadas de Física os alunos das Delegação Regional).
Escolas Secundárias e Básicas nacionais, públicas ou priva- sificada em primeiro lugar; Medalha de prata, aos alunos da
das, que satisfaçam as condições abaixo indicadas. • Outras disposições equipa classificada em segundo lugar; Medalha de bronze,
A) ENCARGOS FINANCEIROS: A SPF não comparticipa nas aos alunos da equipa classificada em terceiro lugar
• Escalões
despesas da etapa sub-regional nem nas despesas de deslo- B) ESCALÃO B: Medalha de ouro, ao aluno classificado em
Em cada ano lectivo serão realizadas provas nos seguintes cação dos alunos e professores acompanhantes na etapa primeiro lugar; Medalha de prata, ao aluno classificado em
escalões: ESCALÃO A - Alunos do 9º ano de escolaridade; regional que provenham de escolas no território continental. A segundo lugar; Medalha de bronze, ao aluno classificado em
ESCALÃO B - Alunos do 11º ano de escolaridade, que não SPF custeia a deslocação e estadia em Lisboa de um con- terceiro lugar; Menções honrosas aos alunos classificados do
tenham completado 19 anos a 30 de Junho do respectivo ano junto de alunos de cada região autónoma que participe na 4º lugar ao 10º lugar.
lectivo. Contudo, só os alunos que não tenham completado etapa regional. Esse conjunto será formado por 1 equipa do
18 anos até 31 de Dezembro do ano em que se realiza a • Calendarização
escalão A, até 3 alunos do escalão B e respectivos profes-
etapa nacional poderão vir a participar nas Olimpíadas Ibero- sores acompanhantes (no máximo de 2). A selecção deste Até 30 de Novembro, cada Delegação da SPF enviará para
americanas de Física do ano seguinte. As Escolas podem grupo de alunos ficará a cargo das escolas da respectiva as Escolas toda a documentação respeitante às Olimpíadas.
estar representadas nos escalões que desejarem. No escalão região autónoma, sem prejuízo da participação de outras Cada Delegação Regional informará as respectivas Escolas
A a representação é por uma equipa com um máximo de 3 escolas da região na etapa regional. A SPF custeia também da metodologia a seguir na fase sub-regional, nomeadamente
alunos. No escalão B a representação é individual podendo as outras despesas relativas às etapas regionais e todas as sobre etapas intermédias, caso existam.
cada Escola apresentar até três alunos. Pode uma Escola despesas relativas à etapa nacional. Participação nas Olimpíadas Internacionais
participar com mais alunos se for apresentada justificação
que terá de ser aceite pela Comissão Nacional das Olimpía- B) MATERIAL: Os participantes devem apresentar-se muni- A Sociedade Portuguesa de Física convidará até um máximo
das. dos de máquinas de calcular não programáveis. Podem de vinte alunos de entre os melhores classificados no escalão
também utilizar material de desenho desde que se apresen- B para, no ano lectivo seguinte, participarem em actividades
• Tipo de Provas tem munidos do mesmo. de preparação com vista à participação na IPhO e na OIbF.
As provas têm componentes teórica e experimental. No es- C) CONTEÚDOS DAS PROVAS: ESCALÃO A - Programas Esta preparação dos alunos pré-seleccionados engloba as
calão A a prova é realizada em equipa e no escalão B a prova completos até ao 9º ano, inclusive; ESCALÃO B - Programas matérias constantes do programa da IPhO e da OIbF, com
é individual. completos dos 10º e 11º anos. particular ênfase nos temas não incluídos no ensino se-
• Etapas cundário. É condição obrigatória para integrar a pré-selecção
D) JÚRIS DAS PROVAS: Na etapa regional as provas serão a frequência de Física no 12º ano. A Comissão Nacional das
A) ETAPA SUB-REGIONAL: É da inteira responsabilidade da classificadas por um júri designado pela Delegação Regional Olimpíadas definirá os moldes em que decorre a preparação
Escola participante a selecção dos seus representantes em da SPF. Na etapa nacional as provas serão classificadas por bem como as provas de apuramento dos cinco estudantes
cada escalão. No caso de um número considerado excessivo um júri designado pela Delegação Regional da SPF em cola- que participarão na IPhO e dos quatro que participarão na
de participantes, poderão as Delegações Regionais da SPF, boração com a Comissão Nacional das Olimpíadas. OIbF. Este apuramento será efectuado durante o mês de
do modo que julgarem mais conveniente, organizar etapas E) PROFESSORES ACOMPANHANTES: Na etapa regional Maio. A título excepcional, a Comissão Nacional das Olimpía-
intermédias. os participantes de cada Escola virão acompanhados por um das poderá incluir na pré-selecção outros alunos do 12º ano
B) ETAPA REGIONAL: Na etapa regional, da responsabili- professor (no máximo dois professores se a Escola participar que demonstrem elevadíssima capacidade em Física.
dade das Delegações Regionais da SPF, concorrerão as em mais de um escalão). Na etapa nacional os alunos serão Pontos Omissos
equipas (no escalão A) e os alunos (no escalão B) seleccio- acompanhados por um máximo de seis professores por Dele-
nados na etapa anterior. Nesta etapa serão seleccionadas gação Regional. Qualquer questão resultante de omissões ou dúvidas de in-
três equipas do escalão A e dez alunos do escalão B. terpretação do presente Regulamento será resolvida pela
• Prémios Organização.
C) ETAPA NACIONAL: Na etapa final nacional, organizada Todos os alunos participantes na etapa regional e nacional
em regime de rotatividade por cada Delegação da SPF em Coimbra, Novembro de 2007
recebem certificados de presença. Em cada uma das etapas


Use: 0.3385